quarta-feira, 17 de janeiro de 2007

Proibido para cabelos compridos

Imagina que você, mulher (ou homem também, para os adeptos da modinha), não tenha pisado num salão de cabeleireiros durante alguns anos da sua vida e com isso, cultivou compridas madeixas que batiam na cintura. Agora, imagine também, que seu cabelo é a parte do corpo que você mais gosta, trata, hidrata, massageia, gasta horrores mensais com xampus, condicionadores, tinturas, cremes e mais cremes. Pois então, você tem verdadeira adoração por seus fios capilares e passa horas em frente ao espelho, dia após dia, escovando-os, inventando mil penteados diferentes e se derrete quando alguém elogia o brilho e comprimento do mesmo. Agora, imagine que de uma hora para a outra, você simplesmente olha-se no espelho e vê uma outra mulher, de cabelos completamente curtos e sem graça. (Não que cabelos curtos sejam sem graças, mas certamente seriam para quem os usava beirando a cintura). Pois é, agora tente entender que não foi você quem o cortou, mas sim, teve-os roubados. Exatamente isso: roubados. Foi exatamente o que aconteceu dias atrás com uma mulher (que poderia ser eu ou mesmo outra qualquer), dentro de um transporte coletivo, no Rio de Janeiro, ao sair do trabalho e regressar para casa. Sinceramente eu pensei que já tinha visto de tudo na minha vida, mas percebo que será melhor eu trocar tudo o que conheço por metade daquilo que ignoro. Já vi ladrões de carro, de bicicleta, de bolsas de madame (e de não-madames), ladrões de banco, pé-de-chinelo, mas confesso que nunca vi ladrões de cabelos. E mais: com experiência em cortá-lo. Seria esse assaltante um ex-cabeleireiro desempregado, com dívidas a pagar e que só lhe restou o conhecimento capilar, para reconhecer belas madeixas que pudessem ser vendidas, para enfim, lucrar uma grana? O Rio de Janeiro me surpreende a cada dia, não é a toa que ver tropas desfilando de arma em punho enquanto se passeia na rua, já se tornou habitual e confortável para nós, meros transeuntes portentores de cabelos longos, porque até isso, minha gente, corremos risco de perdermos numa simples e rotineira viagem num ônibus qualquer.

16 comentários:

Pumpkin disse...

Há uns anos atrás isso era "moda". Toda hora aparecia um roubo de cabelos no jornal. Tomara que não volte agora.

Alf. disse...

nossa que loucooooo!!! aiuhaiauh ladrao de cabelo... Ô_ô incrivel! uaihaiuahaiu realmente incrivel...
*Completamente Confuso*

(voltando...)

Rafa disse...

É, é uma sensação estranha essa ao cortar os cabelos que ficaram grandes por anos. Mas, devemos nos acostumar, pois tudo muda um dia.
No começo a gente acha que roubaram e tal.

wakko disse...

oO

Onde esse mundo vai parar? Cada coisa, hem...

Ainda bem que quando for para o Rio (em 2 semanas), continuo com meus cabelos raspados!

Beeeijo

Mariliza Silva disse...

Carol, em meados do ano 90, aqui em BH, começou esta crise de roubo de cabelos..
Lembro que estava entrando na Faculdade.
Era um horror e diziam era em arrastão, de pivetes importados do Rio e do Espírito Santo. Aconselhavam às de cabelo comprido, não usarem rabos de cavalo, pois assim era mais facil de ser atacada.
Era um horror!!!!

Que será que falta para inventarem...

Mari

Lilian Britto disse...

Olá, tudo bem? É, eu tbem vi estarrecida essa notícia num jornal dias atras. Mas sabe, informação tem 2 lados, um bom e outro ruim, como tudo na vida. Não faz muito tempo vi num programa dominical uma reportagem sobre venda de cabelos onde o apresentador comprava cabelos em pleno palco. Ali, foram dadas várias dicas dos melhores cabelos p venda e tudo o mais. Será q isso naum estimulou alguma pessoa de cabeça vazia a roubar cabelos alheios??? Tudo bem que uma pessoa normal jamis faria isso, mas qual a finalidade de uma reportagem como essa? Acho tudo isso insano! Bem, mas estou aqui tbem para desejar q vc tenha um ótimo domingo e uma semana super demais! Beijos.

Nilza disse...

Oi..menina!

Realmente vc soube dissertar sobre essa tara mal arrumada que algumas pessoas sentem..assim que vejo, pq não é tanto $$ assim pra roubarem dessa forma tão violenta.

Acho que deveria voltar o olho por olho dente por dente..que tal?? ::(( kkkkkkkkkkkkkkk

Beijos

dea disse...

coisas inusitadas, mesmo as ruins, me instigam e interessam muito.
ai como eu queria conhecer esse ladrão.

até mais ler.

Júlim Oliveira disse...

é a situação ta ficando cada dia mais grave
meu Deus, onde já se viu...ladrão de cabelo, isso já ta passando da conta...
se bem que tem lugares que pagam carissimos,por sei lá 30cm de cabelo,vai ver que esse ladrão resolveu roubar para vende-los depois

Wiliam Domingos disse...

Já tinha ouvido coisa parecida com isso...
sorte q tenho cabeça raspada
haihaiahih
bjooo

http://eco-social.blogspot.com/

Lanark disse...

Terrível. Se eu pego um ladrão desses...


Ainda bem que o meu cabelo é crespo. Se fosse liso,(ou não exigisse tantos cuidados) ele já estaria bem grande, porque só recentemente eu comecei a ter coragem de deixá-lo crescer.


Mas é revoltante, sem dúvida.

Monica disse...

Essa é nova pra mim. E tristemente chocante.
;**

Johnny Kagyn disse...

É só mais uma fato que constata: o absurdo não existe.

Agora fiquei pensando, putz!, quem está roubando meu cabelo? Tenho 22 anos e estou ficando careca! Quem está roubando o meu cabelo?

Carol disse...

Ah, isso é uma crueldade mesmo. Tenho cabelo comprido e imagino o como doeria em mim, se um dia me aprontassem uma dessa :|


Adorei o modo como você escreve! ;]
Kissuus =**

embaixador disse...

Já perdemos tudo, até a vergonha de sermos carioca, ou ñ? Os cabelos ,a moldura do rosto,foi roubada. A policia corre para recuperar molduras raras mas a do rosto feminino nada.Os acordos para darem fim ao crime organizado,tem mostrado o descaso dos políticos. Qto deve custar os cabelos? A certeza de impunidade... Cadê os direitos humanos nos caso do garoto de seis anos, ou no caso dos cabelos?Isso é uma Vergonha...Uma ótima semana...

Anônimo disse...

hummmm q legal isso...mas é a realidade e cabelo cresce de novo rapidinho.Po mas minha irma ja teve o cabelo roubado na rua mas so ria muito.