segunda-feira, 15 de março de 2010

Dias melhores são Tim Burton

Ah, dormir... Existe prazer mais fácil do que este? Ando numa fase que, se pudesse, dormiria o dia inteiro, acordando apenas para ver um ou outro filminho na minha nova e gigante TV, comprada em infinitas e eternas prestações, esparramada na minha cama com lençóis rosa choque, devorando um pote de pipocas temperadas com sazón e muita, muita Coca-Cola com gelo e limão. Como diria Alex, do Laranja Mecânica: “videar, videar muito...” Enfim, mas isso não é possível na Via Láctea, meus caros leitores. Aqui, nós precisamos conquistar o pãozinho de queijo da padaria de cada dia, queimar os enfraquecidos neurônios para entender chefes que não sabem ser chefes, estudar bastante para as provas de faculdade, correr para não perder a hora... a hora do ônibus, a hora do almoço, a hora da novela, a hora de dormir, a hora de acordar...

Isso tudo pra dizer que eu precisarei muito arrumar um tempo no corre-corre da vida para assistir a estréia desse filme:



Afinal, se não vivemos no país das maravilhas, sonhamos com ele.
Perfeito!

2 comentários:

Rogerio disse...

tem dias que não da coragem de fazer nada mesmo...so ficar de boa...esse filme que voçê falou parece ser bom...

Belle de Jour disse...

É verdade "se não vivemos no país das maravilhas, sonhamos com ele."

Ótimo post. Hoje to hibernando... Sem vontade de levantar da cama rsrs.

Obg. pelo comentário no meu post. Espero que acompanhe a sequência dos casais.

Bjs!