sábado, 22 de agosto de 2009

Das coisas que é preciso relembrar despretensiosamente...(Versão Escolar do Meu Tempo)

O barulho do pátio da escola na hora do recreio.
O cheiro da merendeira.
A briga na fila da cantina.
Os cinco minutos que antecedem a hora da saída.
O sinal da hora da saída.
A camisa do uniforme manchada de Toddynho (porque claro, você ousou apertar a caixinha no final para ver o que acontecia!).
A pipoca do “velhinho”antes de ir para casa.
O medo do boletim.
A brincadeira de Bafo-Bafo e as dezenas de figurinhas perdidas.
O Mico-Doido.
A excursão para o Jardim Zoológico.
A excursão para o Jardim Botânico.
A excursão para o Parque Aquático.
As cantorias sem fim dentro do ônibus e a tentativa de descobrir o culpado por ter “roubado o pão da casa de João...”
O feijão plantado no algodão.
O cheiro do giz de cera.
A cola colorida e a purpurina.
A massa de modelar e os brinquedos de madeira.
O escorrega do parquinho.
As mãos carregadas de moedas e a fantástica frase: “Tio, me vê tudo de bala?!”.
O Hino Nacional e a mão no peito.
A proibição do Tamagochi.
O álbum da seleção brasileira.
As camisas pichadas no final do ano.
As tão sonhadas férias.
A vontade de comprar material novo.
A curiosidade e o cheiro do livro novo.
A capa colorida e a etiqueta.
A caligrafia. A tabuada. O ditado.
O caderno passado a limpo.
A vida escrevendo as linhas.
O passado, o caderno perdido.
A lembrança reencontrada neste escrito.

E lá no passado...
Ah...

4 comentários:

Anônimo disse...

teste

Wagner Lopes disse...

Muito saudosista teu post, lembro de muitas coisas assim! :)

kikinhah disse...

Nossaaa, bateu a maior nostalgia!
Como eu era feliz e não sabia, como era bom ser criança e é melhor ainda poder lembrar de coisas assim...
Vc esqueceu da brincadeira do elástico e daqueles cadernos de perguntas... Ahhh eu me divertia com isso!
Sucesso e Parabéns pelo blog.
BjOs^^

Leandro Merlllin disse...

Nossa, lindo! Consegui me transportar para as melhores épocas da minha vida (mesmo que ela não esteja muito distante da época atual)...

Parabéns por conseguir, em linhas singelas, reunir todo um sentimento de saudosismo e beleza desse período, que também não foi muito diferente do meu!

Beijos mil

Leandro Merlllin
Olhar de Sal de Jack
http://olhardesaldejack.blogspot.com/