terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Nada é tão ruim que não possa piorar ou Alguém tem um trevo aí ?!

“A vida tem horas difíceis pra gente passar
Pedaços quase impossíveis pra se entender... “




Algumas considerações merecem ser feitas antes que eu retorne oficialmente do longo hiatus que habitou a vida deste blog no ano de 2008. Data do último post: 25.05.08, um pouco antes de eu ingressar na Escola de Especialistas de Aeronáutica, em Guaratinguetá, SP e passar longos seis meses em uma rotina dura, corrida e cansativa, o que fez afastar-me deste caderno de rascunhos.

Entretanto, o tempo passou e com ele, o curso também. Formei-me então, há pouco mais de dois dias, em Terceiro-Sargento da Força Aérea Brasileira e nem por isso estou dando pulos de felicidade e contentamento, embora devesse ser exatamente esta a minha atitude e sentimento.

Sabe quando a vida da gente tem tudo para melhorar e de repente você se vê como aqueles desenhos animados, caindo de um penhasco, totalmente sem chão? Pois é exatamente assim que ando me sentindo...



Para início da minha tristeza, após desejar intimamente servir em Belo Horizonte, fui transferida para Pirassununga, interior de SP, cidade-bunda, com perdão de todos os pirassununguenses. Se o mundo tem cu, não tenham dúvidas, esse lugar é lá. E lógico que estou indo contra a minha vontade (a vontade é apenas de desistir) e quase me matando internamente por ter deixado escapar Brasília dos meus dedos, quando pude optar entre as duas cidades.

Entre o desespero de saber que passarei pelo menos os próximos quatro anos de minha vida no círculo anal paulista e a quase certeza de que dividirei o mesmo quarto com pessoas insuportáveis para mim, descubro que irei ser tia. Isso até poderia ser uma ótima notícia, a não ser que sua irmã seja solteira, tenha vinte anos, nunca tenha trabalhado e o pai não seja qualquer um espertalhão que você nunca tenha visto mais gordo.


Em tempo, esclareço aos meus antigos leitores (se é que ainda visitam essa bagaça aqui), que o blog mudou de nome e endereço por motivos pessoais do tipo: pessoas que lêem essa página e não deveriam, mas não deveriam mesmo, ainda que eu saiba de antemão que corro esses riscos ao publicar meus pensamentos na internet. Mas, como seguro morreu de velho e de guarda-chuva...

Parafraseando Murphy, onde nada é tão ruim que não possa piorar, eu espero sinceramente que em Pirassununga exista cobertura para o uso de banda larga móvel, senão esse blog passará por mais um longo (e talvez eterno) período de seca...

Alguém poderia me explicar como uma carioca de coração mineiro conseguirá sobreviver sem Shopping, sem cinema, sem teatro, sem praia e sem tantos “sem” a mais?



12 comentários:

Diego disse...

Fungindoo?? rrsrsr bommm nem eu conseguiria viver semmm isso rsrsr

rosangela disse...

Concordo com o Deiogo .. Fujaaaaaaaaaa .. rsrsrs

Abç.

Caroline Bigarel disse...

A vontade é bem essa mesmo! rs

30 e poucos anos. disse...

hummm ... uma dúvida surgiu enquanto lia seu post ... pq aceitou? não pode largar tudo e ser feliz fazendo outra coisa?

Flávio Pinheiro disse...

Conselho.....chame a ACME. Talvez ela tenha uma parafernália pra te ajudar. E o blog não é legal, é ótimo. Beijos

lais medeiros disse...

Fujaa! haha
agora sério. faça o que a razão mandar.. se tu acha que consegue viver sem shopps, e talz, vá. Senão, nem tente!
experiencia própria

beijos ;}

kikinhah disse...

Oi!
Passei por uma situação bem parecida com a sua!
Mas me superei!!!
Bola pra frente...
Adorei seu blog...
BjOs

Srta.Uzumaki~~* disse...

Olha,se vc acha q pode viver sem shopping e etc, vpa em frente siga suas razões, mas se não está preparada deixe.Siga essa frase: "Não se preocupe em ir devagar,se preocupe em ficar parado"!

Adorei seu blog!!Passa lá no meu e comenta, sua opnião é importante!

http://tadaimasama.blogspot.com

bj*

Srta.Uzumaki~~* disse...

Olha,se vc acha q pode viver sem shopping e etc, vpa em frente siga suas razões, mas se não está preparada deixe.Siga essa frase: "Não se preocupe em ir devagar,se preocupe em ficar parado"!

Adorei seu blog!!Passa lá no meu e comenta, sua opnião é importante!

http://tadaimasama.blogspot.com

bj*

Calango disse...

relaxe minha filha...

eu moro em campina grande PB e não tou reclamando...

Arthur Santana disse...

coitada de ti..
tb naum sei se cinsegueria viver não...
mas se tá no inferno, abraça o capeta...ou melhor se ta na bunda do brasil, não vai pisar em merda!
aeuhauehauheauheuaheuhhhaeuha


--
www.moolegal.wordpress.com

Teresa disse...

pirassu... o quê?

hehehe

ahhh.... mas vc vai gostar... a qualidade de vida em cidades assim é mil vezes melhor.
moro no interior e não troco por nada pela capital.

prefiro mil vezes levar uma hora de carro na estrada pra chegar na facul, do que passar 10 minutos no trânsito da capital.

bjo