sábado, 3 de julho de 2010

Papo de fim de sábado

Sábado em uma estúpida cidade de interior, nada muito interessante para fazer, o jeito é blogar. E por que não continuar falando de futebol? Fico feliz com a derrota da Argentina e triste com uma parcela (pequena, ainda bem) de brasileiros medíocres. Quem são eles? São aqueles patriotas de ocasiões, ou melhor, nada de patriotas, apenas futebolistas. Poucas horas depois da derrota brasileira, dei um giro pelo Orkut e constatei o óbvio: avatares verde-amarelos sendo substituídos, bem como planos de fundo e afins. Tudo bem que o torcedor está chateado, talvez até inconformado, mas a seleção fez a sua parte, lutou, jogou, torceu. E devemos aplaudi-la, sim, de pé. Falta de sorte não é culpa de ninguém, nem da camisa, nem dos jogadores, nem do Mick Jagger. Em todo o caso, esse é o tipo de torcedor brasileiro que o Brasil não precisa ter. Eu continuarei vestindo as cores da bandeira. Ate 2014.


E por falar em 2014, ano em que o Brasil sediará a Copa do Mundo, fico imaginando como as cidades vão parar nessa época. Vai ser uma festa memorável. E quem viver verá. Aproveitando a deixa, já existe um abaixo assinado rolando na internet, o Abre a Copa Mineirão, um um movimento para trazer a abertura dos jogos da Copa de 2014 ao estádio do Mineirão, em Belo Horizonte/MG. Como estarei sendo transferida em breve e à trabalho para a capital mineira, estou puxando a sardinha para meu lado, né?


Mudando de assunto, o João Victor, do Blog ANPULHETA, indicou o Matizar ao selo Sunshine Award. Obrigado João! Visitarei mais dez blogs fazendo a mesma indicação.


5 comentários:

Victor Faria disse...

Uma coisa que eu achei ridículo foi o pessoal comemorando a derrota brasileira. Terminado o jogo, muita gente soltava fogos, dava adeus ao Dunga, enfim, comemorava de tudo quanto era forma. Não gostar do treinador e dos jogadores eu até entendo, agora comemorar a desclassficação do país, é demais. É nessas horas que se vê quem relmente torce pelo Brasil, até posso considerar uma comemoração mínima, afim de não pensar tanto na derrota, mas simplesmente extravazar com a derrota, soltando vários fogos e tudo mais, acho totalmente errado.
Hoje, a derrota da Argentina foi muito comemorada. Quem comemorou a derrota do Brasil ontem, poderia ter ficado em silêncio e deixado para a comemorar hoje ou mais pra frente. Comemorar a derrota do Brasil só porque temos que festejar é um absurdo. Não digo que devemos ficar tristes e achar que o mundo acabou, agora tem gente que exagera e faz festa tanto a favor, como contra o páis que lhe acolhe.

Marcos Lucas disse...

Também acho super idiota esse tipo de patriotismo de data marcada.

Pobre esponja disse...

Eu gosto de futebol, amo; o que mais me irrita na Copa é esse lance de parar povos e tal... porque isso não acontece essa mobilização no mundial de Basquete (exemplo)? Não é o Brasil?

abç
Pobre Esponja

Sequelanet disse...

Acho estranho ficar "chorando" pela derrota da seleção. Acho absurdo e no mínimo engraçado.

Guará Matos disse...

Ola, olá......POMMMMMMMMM(avuvuzela, hehehehe)!
Li você no Papo de Informática, do amigo Victor lá em cima e cheguei aqui pra deixar um beijo, abraço e felicitações.
Sobre o post, vivemos num país de inseguros, apenas isso.
Valeu!